Impactos da topografia em Ouro Preto é tema abordado pela UFOP

Impactos da topografia em Ouro Preto é tema abordado pela UFOP

O Departamento de Engenharia Urbana da Universidade Federal de Ouro Preto, (UFOP) está interessado em saber quais as condições de deslocamentos que a cidade oferece.

Para isso, lançou um formulário online com a pergunta: “A cidade é convidativa para o caminhar?”. Segundo a professora na área de Planejamento e Organização do Sistema de Transporte, do Departamento de Engenharia Urbana da UFOP, Bárbara Matos, a pesquisa “busca trazer o foco para o pedestre e, com isso, promover discussões sobre o caminhar em áreas de importante interesse histórico-cultural”.

A partir dessas informações, é possível contribuir em colher dados de opinião pública entre pessoas que circulam ou já circularam na região e, a partir dos resultados, identificar os pontos de alerta e propor melhorias para os pedestres.

Dentre os temas abordados no questionário, estão os impactos da topografia, locais de descanso como bancos, iluminação das ruas, arborização nos trechos, piso tátil para pessoas com deficiência e estruturas cicloviárias.

Com o resultado da pesquisa, a Universidade pretende interferir positivamente em melhorias para os pedestres que passam pelo local: “A equipe do projeto buscará diálogo com a prefeitura de Ouro Preto para apresentar os resultados do projeto de forma a contribuir com o planejamento e gestão da mobilidade a pé na região”, explica Bárbara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir chat
1
Posso ajudar?
Olá 👋
Podemos te ajudar?